Projeto Colher

Através do departamento de turismo, no dia 07 de novembro, realizamos a reunião com representantes da comunidade do Gavião com objetivo de avaliar os avanços que aconteceram na comunidade através do projeto Colher “colhendo história, tradição e memória”. E graças ao envolvimento da comunidade e a parceria com o Senar que ofereceu capacitações, hoje temos o prazer de apresentar os seguintes dados coletados desde novembro de 2018, onde foram realizadas as seguintes ações: Exposições dos produtos do evento, implantação do transporte para a feira, implantação de um programa de formação de apicultores, realização do Planejando o Bem, parceria com a cooperativa de mel e participação de capacitações. Em relação a produção de derivados de leite dos últimos sete meses foram produzidos aproximadamente: 473 potes de doce caseiro,1920 potes de iogurte caseiro,480 peças de requeijão,2800 kg de queijo e 200 potes de manteiga caseira. Através do projeto podemos garantir renda extra para famílias que acreditam no potencial da produção e nas oportunidades que a gestão 2017/2020 oferece.

Reunião com os REJUDES

Na tarde de hoje (02/06), realizamos no município uma reunião com os jovens do REJUDES (Rede de Juventude em Defesa de Seus Direitos Sociais).
O REJUDES é um projeto apoiado pelo ChildFund Brasil, que atua em Felício dos Santos através do Procaj. Os jovens participantes têm como foco a filosofia de buscar ter voz e visibilidade em suas comunidades a favor de seus direitos sociais.
O objetivo o encontro de hoje foi buscar conhecer sobre a importância histórica e ambiental do município de Felício dos Santos para possíveis interferências nas instituições e espaços sociais de nosso município.

É a gestão atual, investindo no futuro de Felício!

reu

Confraternização do Projeto Colher’colhendo

Na sexta-feira (06-04-2019) realizarmos a primeira confraternização do Projeto Colher’colhendo, história, tradição e memória com o grupo de produtores de derivados de leite e mel do Gavião.
Iniciamos o encontro com uma aula prática do técnico da Emater sobre técnicas de coleta de solo, nutrição animal, controle de pragas e depois o assunto foi sustentabilidade e preservação ambiental.
Dando sequência realizou-se um feedback com a comunidade sobre a importância do trabalho em equipe e de apresentar todas as ações, investimentos e planos para o fomento do turismo rural na comunidade.
Estiveram presentes o prefeito Ricardo Rocha, o técnico da Emater Bernardo e os membros da equipe de gestão dos setores (turismo, obras, assessoria de gabinete, transporte e embelezamento).
Iniciamos o projeto em Junho de 2018 e desde de então foram realizadas 15 visitas a comunidade e empreendedores, dois cursos de capacitação através do Senar (um para derivados do leite e outro para produção do mel), projeto de escalada através da parceria com a UFVJ iniciando a possibilidade do turismo de aventura, investimento na revitalização das trilhas de acesso a Cachoeira do Sumidouro, visitas técnicas em Turmalina no entreposto de mel, inicio de exposição e promoção de produtos(requeijão, iogurte, doce e mel) associados ao turismo.
Foi um momento rico de encontro de ideias, troca de experiência e encorajamento para fortalecer a comunidade.